Assassin's Creed Origins permite acariciar gatos e fãs da série vão à loucura


O game Assassin's Creed Origins ganhou uma nova rodada de prévias de alguns sites especializados, o que nos permite saber mais sobre a jogabilidade e os recursos do jogo de ação e aventura com fortes elementos de RPG. Não importa o quanto os desenvolvedores trabalharam para refinar o jogo, a função que conquistou de fato os fãs é poder fazer carinho em gatos.


Como é um game que se passa no Antigo Egito, a presença de gatos chega a ser parte fundamental da imersão do título. A equipe que trabalha no game não apenas os inclui para povoar o cenário, mas também permite que você interaja com os bichanos.

O recurso de acariciar animais esteve presente em games como Assassin's Creed 3 e Assassin's Creed 4: Black Flag. Os mais recentes jogos da franquia, AC: Unity e Syndicate não trouxeram nada do tipo.

No momento em que esta notícia foi escrita, um tópico sobre o assunto era o mais movimentado no subreddit do game. Nele, alguns usuários agradeceram o diretor do game, Ashraf Ismail, por incluir o recurso. Ele também foi quem dirigiu o jogo Black Flag, outro em que havia possibilidade de dar um chamego nos bichanos.

Além da possibilidade de acariciar animais, outros recursos muito requisitados pelos jogadores foram adicionados em AC Origins. Eles incluem a possibilidade de colocar ou tirar o capuz quando desejar  e o modo de fotos.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beta aberto do RPG de 'Os Cavaleiros do Zodíaco' já está disponível

'Metal Gear Solid V: The Phantom Pain' poderá ser baixado de graça na PS Plus